Você mais próximo da FDSM!

Inscreva-se para saber das novidades!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Os 4 principais concursos públicos para quem cursa Direito

Os 4 principais concursos públicos para quem cursa Direito

 

O curso de Direito é bastante procurado pelas pessoas que desejam fazer concursos públicos, pois muitos acreditam ser a graduação mais direcionada para ingressar no funcionalismo público.

Se você pensa em se graduar nessa área, não é necessário ter receio. Fique sabendo que apesar da alta procura, não faltam concursos com vagas específicas para os formados em Direito. Inclusive, alguns cargos disputados têm essa exigência.

Você tem o sonho de conseguir uma vaga em um cargo público? Então acompanhe este post e conheça as principais opções de concursos públicos para Direito.

1. Juiz de Direito:

É uma das carreiras clássicas, conhecida dos estudantes, já que muitos sonham ser magistrados. Alcançar o cargo requer muito estudo e dedicação.

O Juiz de Direito atua no Tribunal de Justiça Estadual — órgão do Poder Judiciário que processa e julga as matérias não enquadrantes as competências das justiças específicas ou especiais. Por isso, também é conhecido como “Justiça Comum”.

A maioria dos processos brasileiros é de Justiça Estadual, em razão disso, anualmente são homologados concursos para tribunais de diversos Estados. O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, por exemplo, é o maior tribunal do mundo, contando com mais de dois mil juízes.

O juiz soluciona os problemas levados até ele imparcialmente, baseado na legislação brasileira. Assim, o pretendente da carreira deve ter um senso de justiça apurado.

O ingresso no cargo ocorre por concurso público, constituído de 5 etapas, sendo a primeira composta por prova objetiva abrangente de diversas áreas do Direito.

Na segunda fase o candidato fará uma prova discursiva e uma prova prática de sentença. O terceiro período conta com investigação social, que pesquisa a vida do candidato, além da realização de exames médicos e psicológicos.

No quarto estágio, há uma prova oral, em que discorre livremente sobre os temas propostos pelos examinadores.

Finalmente, na quinta fase ocorre avaliação de títulos, conferindo pontos ao concorrente que comprovar por documentação específica diversas atividades acadêmicas e profissionais.

Além disso, o pretendente deve comprovar no mínimo três anos de atividade jurídica — período em que deve ter atuado como advogado ou em alguma outra área do Direito.

A remuneração do magistrado é fixada pelo Estado de atuação, uma vez que não vigora o salário-base válido em todo o território nacional. Geralmente, o salário inicial é por volta de R$ 27.000,00, além de benefícios como gratificações e auxílios.

2. Juiz do Trabalho:

O Juiz do Trabalho, assim como o Juiz de Direito, também ingressa no cargo por meio de concurso público. Ele é a pessoa responsável por solucionar e julgar os processos.

O que difere os dois cargos é a matéria que cada um é competente para julgar. O Juiz do Trabalho é responsável pelos processos trabalhistas tramitantes na Justiça do Trabalho; são os casos que envolvem as relações de emprego.

O certame para ingressar na carreira também é composto por 5 fases, focado nas matérias que envolvem Direito do Trabalho.

Ter graduação em Direito (com diploma registrado no Ministério da Educação) e experiência jurídica de no mínimo três anos — exercida após a obtenção do grau de bacharel em Direito —, são requisitos igualmente necessários em ambos os cargos.

Atualmente, o concurso é nacional e estruturado de maneira uniforme em todo o país pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST).

salário do Juiz do Trabalho é de R$ 27.500,00.

3. Analista Jurídico — Área Judiciária:

O ingresso no cargo de Analista Jurídico na área judiciária ocorre por meio de concursos públicos para formados em Direito. Assim, só quem tem essa graduação pode exercer a função.

O servidor público pode atuar nos Tribunais de Justiça, Tribunais Federais e nos Ministérios Públicos de qualquer parte do país; Conforme o órgão que o candidato prestou concurso, realizará estudos e pesquisas sobre processos em andamento, emitindo pareceres e informações.

Os analistas trabalham em gabinetes de ministros, desembargadores, juízes e procuradores da república, prestando auxílio aos membros e magistrados.

É um cargo que está diretamente ligado ao funcionamento da justiça e a aplicação das leis e conta com remuneração inicial de mais de R$ 11.000,00.

4. Oficial de Justiça:

O Oficial de Justiça é servidor público concursado do Poder Judiciário; sua função é cumprir mandados expedidos pelo magistrado, citando, intimando e notificando os indivíduos pessoalmente para informá-los sobre processos judiciais. Também realiza execuções como imissão ou reintegração de posse, além de penhora, busca e apreensão e outras atribuições.

Flexibilidade é necessária: Oficiais de Justiça não têm horários fixos e muitas vezes trabalham à noite ou finais de semana. Entretanto, essa flexibilidade de horário também pode ser vista como um ponto positivo da profissão.

Além disso, é preciso coragem, pois muitas vezes é preciso frequentar sozinho lugares que não conhece, sem suporte de segurança.

Como o Oficial de Justiça trabalha praticamente na rua, pode ser ideal para quem não gosta da rotina de escritório.

Existem concursos para o cargo em níveis estaduais e federal, sendo que a maioria dos Tribunais exige a formação em Direito para o exercício da função.

salário de um Oficial de Justiça no Brasil pode chegar a mais de R$ 8.000,00 durante a carreira.

Viu só como existem diversas opções de concursos públicos para Direito? Se deseja ser um servidor público, escolha o cargo mais compatível e comece já a preparação para a prova.

Lembre-se de que escolher uma faculdade de qualidade é fundamental para a sua aprovação!

Você gostou de conhecer mais sobre os concursos públicos para Direito? Então continue com a visita em nosso blog e aprenda sobre outra carreira pública!

  • banner de mestrado

Tags:

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *