Você mais próximo da FDSM!

Inscreva-se para saber das novidades!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

6 técnicas de relaxamento que você precisa começar a aplicar na vida

6 técnicas de relaxamento que você precisa começar a aplicar na vida

Lidar com o estresse e a ansiedade do cotidiano é uma tarefa difícil. As sensações de irritação constante e de demasiada expectativa são ruins para qualquer um, e as técnicas de relaxamento podem ser a saída para essa situação.

Esses novos hábitos permitem organizar melhor o dia e aliviar a mente das preocupações e responsabilidades. Quando esse trabalho não é feito, o estresse aumenta e ainda ganha a companhia da ansiedade.

Vamos ajudar você a controlar essas emoções e encarar a vida de maneira mais leve. Conheça 6 técnicas de relaxamento e boas práticas para executar agora mesmo!

1. Faça exercícios respiratórios

Pouca gente sabe disso, mas a maneira como se respira influencia diretamente os batimentos cardíacos e, principalmente, o nervosismo. Fazendo da maneira certa é possível obter mais oxigenação para o cérebro, o que vai ajudar a pensar melhor e com calma, se livrando da ansiedade e do estresse.

Para isso, é fundamental utilizar a técnica de respiração de suspiro. Nela, você deve inspirar lenta e profundamente pelo nariz, puxando todo ar que conseguir. Solte-o lentamente, só que pela boca. Esse movimento deve ser contínuo, lento e tranquilo. Sinta a respiração acontecer — isso é fundamental para acalmar.

A prática desse exercício respiratório é fundamental para todo momento em que você se sentir como se algo fosse acontecer, ou simplesmente esteja acelerado demais. Você pode praticar a respiração de suspiro diariamente, sempre pela manhã e quando sentir que precisa desacelerar.

2. Administre o seu tempo

O tempo é um bem valioso e que faz toda diferença no cotidiano. Essa não é propriamente uma das técnicas de relaxamento, mas acredite: se você sabe gerir sua rotina, tem grandes chances de eliminar momentos de estresse. Para isso, comece definindo o seu cronograma com todas as atividades e compromissos.

Anote tudo que tem pela frente e defina os horários relacionados a cada um. Faça isso antecipadamente e, se necessário, anote. Assim você tem uma espécie de agenda para seguir. Por mais que pareça algo antigo e sério demais, é extremamente importante. Faça isso no bloco de notas ou no calendário do celular.

Com tudo devidamente organizado, pense em como será a rotina. É fundamental acordar cedinho, por mais que seja um sacrifício para alguns. Assim você tem tempo suficiente para fazer tudo, sem chegar naquela correria que resulta justamente no estresse.

3. Pratique exercícios físicos

Os exercícios físicos são uma das melhores técnicas de relaxamento existentes. Movimentar o corpo é sempre uma ótima prática para a saúde, tanto física quanto mental. Quando você se dedica a algo que requer esforço corporal, naturalmente você está canalizando toda a sua energia para aquela atividade.

Pode ser uma caminhada, uma corrida, uma luta ou qualquer outra prática. O importante é se dedicar a algo que exija que você se dedique e, principalmente, se concentre. As atividades físicas canalizam toda sua energia, o que permite que sua mente funcione melhor e com foco no que realmente importa no momento.

Os exercícios físicos também liberam endorfina, hormônio responsável por regular o bom humor e a felicidade. A sensação de dever cumprido após alguma atividade certamente fará com que você se sinta bem consigo mesmo. Assim, os problemas e os anseios ficarão de lado, ou você terá mais paciência para lidar com eles.

4. Adote a técnica de mindfulness

Muito do estresse e da ansiedade diários vêm do fato de a mente humana não ser capaz de se dedicar a apenas uma atividade por vez. Enquanto você está fazendo uma refeição, também está pensando no restante de compromissos que tem no dia.

A técnica de mindfulness prega o contrário: que você se dedique a uma coisa de cada vez, e para isso é necessário atingir um alto nível de concentração. Para isso, é preciso se desligar de absolutamente tudo que está ao seu redor. O resultado é o pleno estado de mindfulness.

Quando o resultado é obtido, diariamente é possível se dedicar a qualquer atividade com calma e total foco. Uma refeição, por exemplo, será apenas a refeição. Se você se dedica aos estudos de um conteúdo, somente ele estará na sua mente, com total absorção. Essa técnica de relaxamento é muito eficaz e traz ganhos como:

  • redução da ansiedade;
  • aumento no foco;
  • melhor alimentação;
  • fortalecimento do equilíbrio mental;
  • mais controle das demandas diárias.

5. Ouça músicas relaxantes

Quem não gosta de música? Nós amamos e temos certeza de que ela também faz parte do seu dia a dia. Ela pode ser de grande auxílio como uma das principais técnicas de relaxamento, basta que você escolha as certas. Se você está estressado, ansioso e irritado, não é recomendável ouvir aquela playlist mais agitada.

Mesmo que você goste de músicas mais movimentadas, há o momento certo de ouvi-las. É preciso saber dosar isso e, nos momentos de muita pressão e preocupação, preze por gêneros mais tranquilos. As músicas mais calmas criam um ambiente mais ameno, sem agitar muito a sua mente.

Que tal montar um set com as principais músicas relaxantes que você conhece? Separe as suas favoritas e monte uma playlist do seu gosto! Você pode ouvi-las enquanto trabalha, logo de manhã após acordar e até mesmo enquanto estuda. Deixá-las como som ambiente é uma ótima maneira de criar um clima agradável e relaxante.

6. Controle a sua alimentação

Já ouviu dizer que você é o que você come? Os alimentos também têm grande influência no humor cotidiano. Se você se alimenta mal, seu corpo tem dificuldade de processar, além de tornar a digestão mais lenta. Como resultado, esse mal-estar vai causar preguiça, sono e irritação.

Adote uma dieta mais equilibrada, rica em vegetais, verduras e legumes de todos os tipos. Vá com calma nos doces, refrigerantes e frituras. Esses alimentos são prejudiciais para o corpo e para a mente, principalmente quando consumidos em excesso.

A ansiedade é um estado que também pode desencadear comportamentos alimentares inadequados. Sabe aquele chocolatinho que você come quando dá uma imensa vontade, assim, do nada? Ele representa uma fuga emocional. Em vez disso, se exercite — o resultado será o mesmo para seu bem-estar.

As técnicas de relaxamento são maneiras saudáveis de encarar os compromissos e as pressões do cotidiano. Assim, é possível viver com maior equilíbrio, protegendo corpo e mente das responsabilidades que a vida traz!

Este post pode ser interessante também para seus amigos. Compartilhe nas suas redes sociais para que eles também tenham acesso!

  • Banner experiencias interncionais

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *