Você mais próximo da FDSM!

Inscreva-se para saber das novidades!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

“La Casa de Papel” e o Direito

“La Casa de Papel” e o Direito

A famosa série “La Casa de Papel”, da Netflix,  é um dos assuntos mais comentados nas redes sociais atualmente. A estória se desenvolve na Espanha, em que um homem misterioso que atende pelo nome de El Profesor (“Professor”), está planejando o maior assalto de todos os tempos.

Afim de realizar o ambicioso plano, ele convoca oito pessoas com habilidades diferentes e que não têm nada a perder.

O objetivo é se infiltrar na Casa da Moeda, de modo que eles possam imprimir 2,4 bilhões de euros. E uma das pessoas do grupo tem amplo conhecimento de tecnologia da informação, o que torna possível a comunicação em tempo real deles com seu líder, além dos equipamentos utilizados possuírem blindagem contra o sistema de segurança da polícia.

Personagens de La casa de papel

Você deve estar pensando: o que tudo isso tem a ver com o Direito?

Muito simples: a série retrata o poder da tecnologia para se cometer crimes. Os ataques cibernéticos vêm fazendo estragos gigantescos em diversos países, e já superam o narcotráfico mundial na movimentação financeira. Somente no Brasil, em 2013, houve perda de mais de 15 bilhões de reais com a prática deste tipo de crime.
Os números são um atrativo para despertar o interesse pelo domínio da tecnologia e tornar ainda mais atraente os delitos pela Internet. Tudo isso influenciado pela criminalidade e corrupção que estão tão comuns na sociedade. E como não falar de corrupção nos dias atuais, especialmente no Brasil?

 

A corrupção fragiliza a democracia, afeta a economia, aumenta a desigualdade e atrapalha os investimentos estrangeiros.
O Poder Público já se mostra melhor preparado para crimes cibernéticos, mas ainda é baixo o conhecimento para rastreamento financeiro.

E o que tem a ver a série La Casa de Papel  com este cenário? Na estória, o grupo sempre leva vantagem e vence porque conta com aparato e grande conhecimento sobre informática. Eles acabam tendo em mãos o dinheiro, os reféns, a polícia e o Estado.

A alta tecnologia da segurança da informação pode ajudar ou dificultar a Justiça no desvendamento de casos. Por isso, o direito digital tem que estar muito atento à evolução dos crimes cibernéticos no Brasil, e se adequar sob todos os aspectos a esta nova realidade.

Além da relação com o Direito e aproveitando o gancho, “La Casa de Papel” traz algumas outras características interessantes que se aplicam à realidade:

  • Para se ter sucesso em qualquer projeto, é preciso ter planejamento. Na estória, o líder e seus liderados agiram fielmente ao plano traçado.
  • O planejamento prepara o grupo para os imprevistos. Isso é muito importante em um projeto, pois quando se conhece as possíveis consequências de algum erro ou fato fora do contexto, ficará mais fácil solucionar o problema.
  • Conhecer bem os concorrentes (no caso da série, os “inimigos”) é fundamental. Só assim é possível traçar estratégias eficazes e se diferenciar deles de forma superior.
  • É importante valorizar os múltiplos talentos de uma equipe. Isso que enriquece o trabalho e o projeto.

E você, que assistiu a série, percebeu mais algum conteúdo interessante que possa ser aplicado à realidade? Deixe aqui o seu comentário!

  • Banner conheça nosso canal no youtube

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *